Atriz Pornô que Teve Caso com Charlie Sheen Explica Ethereum e Blockchain em Vídeo

Atriz Pornô que Teve Caso com Charlie Sheen Explica Ethereum e Blockchain em Vídeo

A modelo e atriz pornô californiana Brett Rossi, 28, publicou um vídeo na internet no qual explica como funciona a Ethereum e o Blockchain. Na gravação, disponível no Youtube, ela apresenta os conceitos sentada, vestindo uma blusa branca com um generoso decote e uma saia curtinha.

Rossi, também conhecida por um seu caso com o ator Charlie Sheen, diz que as criptomoedas ajudaram a ela e suas colegas de profissão que tradicionalmente sofriam preconceitos de instituições financeiras, principalmente de bancos.

A atriz conta que essas empresas encerravam suas contas sem qualquer notificação prévia, provavelmente por ela ser uma cliente que faz filmes pornográficos.

Rossi não vai a fundo de como é a funcionalidade do blockchain, mas de forma simples ela explica um pouco da atividade operacional e compara as novas tecnologias com o surgimento da internet.

“Vocês lembram quando a internet surgiu e ninguém sabia exatamente como funcionava? As criptomoedas e tecnologia blockchain estão nessa fase”, diz.

Para ela, a nova tecnologia é uma forma de resolver a discriminação que geralmente vem de bancos tradicionais. A atriz ressalta que as criptomoedas estão sendo muito atraentes para ela e suas colegas:

“Como a maioria das pessoas na indústria de entretenimento adulto, eu fui discriminada por bancos e plataformas de pagamento. Por essa razão estou animada com as possibilidades oferecidas pelo Ethereum”.

Polêmica com Charlie Sheen

Brett Rossi, cujo nome verdadeiro é Scottine Ross, também ficou famosa por mover uma ação judicial contra o ator Charlie SheenA atriz o acusa de violência física e emocional, cárcere privado e negligência por ele ter escondido que era portador do vírus HIV quando começaram a se relacionar em 2013.

Em 2015, Sheen revelou no programa Today, da rede NBC que havia sido diagnosticado soropositivo havia 4 anos. Na ocasião, ele suspendeu as medicações convencionais para buscar tratamento alternativo no México

A ação de Scottine Ross diz que ela “sofreu sérios problemas emocionais”. O valor de indenização requerido no processo é de US$ 1 milhão, longe dos US$ 10 mil pagos por Sheen na ‘primeira relação’ entre os dois, fato que deu início ao relacionamento problemático, de acordo com a CNN.

Criptomoedas se tornaram populares na indústria do sexo

Ultimamente a indústria pornô, vem revendo interesses por criptomoedas e se preparando para os mercado futuro.

A Playboy TV anunciou que até o final do ano será implantado o novo método de pagamento. O site de conteúdo adulto Pornhub, que também publicou o vídeo em questão, intitulado “What is Ethereum? Explain by Brett Rossi”, anunciou a opção de pagamento do serviço Premium por meio da Verge (XVG).

Theodora, a dominatrix francesa, que também sofreu preconceito da plataforma de pagamentos PayPal, começou a aceitar bitcoins e criou uma rede de ‘cripto-escravos’, na qual seus clientes mineram criptomoedas para ela.

Fonte: portal do bitcoin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *