Bilionário Alerta Para Golpes Que Envolvem o Bitcoin

Bilionário Alerta Para Golpes Que Envolvem o Bitcoin

O bilionário Richard Branson, fundador da gigante Virgin Group, com sede em Londres, no Reino Unido, disse que está preocupado com a quantidade de golpes envolvendo o Bitcoin, de acordo com uma postagem no blog oficial da empresa na última quinta-feira (03).

“Várias vezes alertei as pessoas sobre histórias enganosas ligando minha imagem a planos de enriquecimento rápido, anúncios dissimulados, endossos e esquemas falsos de negociação binária”, iniciou Branson.

Ele relatou que, apesar de ter elogiado a criptomoeda e sua tecnologia em certas ocasiões e também discutido bastante sobre seu potencial financeiro, nunca endossou nenhuma falsa propaganda sobre Bitcoin.

Relatou, também, que é preocupante o fato de usarem sua imagem para propagarem planos fraudulentos de investimento usando sua representação ou de qualquer personalidade de forma ilícita.

Richard Branson tem uma uma fortuna avaliada em US$ 5 bilhões, segundo a Forbes. Seu grupo, o Virgin, investe em música, aviação, vestuário, biocombustíveis e até viagens aeroespaciais.

“Os fatos mais comuns são histórias falsas que se espalham on-line nas quais me citam como sendo conivente com o plano oferecido, geralmente por criminosos”, escreveu Branson.

“Embora eu frequentemente tenha comentado sobre os benefícios potenciais dos desenvolvimentos genuínos do Bitcoin, eu absolutamente não endosso essas histórias falsas”, completou.

O dono da Virgin se refere a golpes que tomam forma de notícias mentirosas e alegam falsamente que ele aprova e apoia financeiramente um produto ou empresa de investimento em criptomoeda.

Branson disse que a equipe jurídica da empresa já lidou com centenas de casos como estes só no ano passado, acrescentando que a empresa também pressionou as plataformas de redes sociais a serem mais proativas no combate a este tipo de anúncio.

Apenas um simples post pode comprometer qualquer personalidade. Basta uma imagem, uma ‘fala’ e um direcionamento para a página do ‘negócio’.

“Eles são capazes de ‘encarnar’ veículos de notícias bem conhecidos para fazê-los parecer mais legítimos e apresentarem falsos endossos por personalidades como Bill Gates ao meu lado, por exemplo”, relata Branson.

No caso da imagem abaixo, a ideia sugere que Branson está otimista em relação ao Bitcoin. Mesmo que o direcionamento não seja para o Yahoo, pessoas sem muita experiência podem cair num golpe ou simplesmente entrar num site malicioso por conta do apelo com o uso da imagem de uma pessoa rica e famosa.

Essa publicação no Twitter mal elaborada denuncia um certo despreparo do criador. Ele escreve ‘BitCoin’ – com C maiúscula – forma abolida na comunidade da criptomoeda, e o logotipo vermelho praticamente extinto da Yahoo.

Branson aconselhou a todos que permaneçam vigilantes. Pediu para que os usuários verifiquem se estão clicando em sites legítimos, com endereços de sites oficiais e contas de redes sociais verificadas.

Ele também indicou um site de dicas sobre como evitar golpes on-line, o Citizens Advice, e pediu para que denunciem à plataforma caso encontrem algo de cunho fraudulento.

Em junho do ano passado Richard Branson foi um dos investidores da carteira on-line Blockchain.info. Na ocasião foram arrecadados US$ 40 milhões que seriam destinados para alavancar o crescimento da plataforma que na época já havia emitido cerca de 15 milhões de carteiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *